Qual a diferença entre modem e roteador? Descubra nesse post

4 minutos para ler

A internet banda larga está presente em grande parte dos lares brasileiros, mas nem sempre as pessoas sabem quais são os equipamentos que tornam possível essa conexão e qual a função deles. Por exemplo: você sabe a diferença entre modem e roteador? Sabe se a internet banda larga depende de apenas um dos dois? E o Wi-Fi?

Apesar de muita gente achar que os dois aparelhos cumprem a mesma função, esses dispositivos apresentam especificações diferentes e é importante que o usuário conheça o básico sobre eles para fazer a melhor escolha.

Para que você entenda melhor para que servem e qual a importância de cada um para a conexão de Internet, nós fizemos este post. Nele, você entenderá o que é um modem, o que é um roteador e se existe um aparelho que faça as duas funções. Confira!

O que é modem?

Na tecnologia fibra o nome correto para o modem é ONU (Optical Network Unit), que é o equipamento que transforma o sinal de luz da fibra em sinal elétrico para conseguir comunicação com os outros equipamentos.

Atualmente, as operadoras de internet fornecem o modem, fazendo a instalação completa da Internet banda larga. Com a concorrência cada vez maior, é difícil uma empresa deixar para o usuário as configurações de sua rede

E o roteador?

O roteador é um distribuidor de sinal, ou seja, é ele que permite a criação das redes locais, conectando os diversos tipos de dispositivos que fazem parte dessa rede. Essa distribuição pode ser feita via cabo ou por ondas de rádio — mais conhecida como sinal Wi-Fi.

Além de permitirem a distribuição de sinais de internet externos, os roteadores podem ser utilizados para a criação das intranets, ou seja, uma conexão particular interna sem qualquer ligação com redes públicas.

Para criar a rede local, o roteador cria um endereço IP único para cada dispositivo conectado, permitindo a troca de dados por meio dessa rede, seja para servidores externos, seja para dispositivos internos.

Quais são as principais especificidades dos roteadores?

Como já sabemos, os roteadores realizam as transmissões de dados pelos aparelhos que fazem parte de uma rede local. Ele utiliza as melhores rotas para encaminhar e receber pacotes de dados na conexão de Internet.

Existem três especificidades importantes que caracterizam esse aparelho e que têm a ver com o seu desempenho:

  • velocidade: a velocidade de um roteador é definida pela quantidade de dados por segundos que ele consegue atingir. Quanto maior for a velocidade de acesso mais rápido serão os downloads e uploads realizados pelo aparelho;
  • padrão de conectividade: o padrão de conectividade do roteador sem fio indica a frequência de transmissão dos dados entre o aparelho e o roteador. Esses padrões são definidos pelos parâmetros 802.11b, 802,11g e 802.11n — aqui, colocamos em ordem, do padrão mais antigo para o mais moderno;
  • potência: a potência da antena é indicada pela unidade de medida dBi — decibéis isotrópicos — que indica o alcance do sinal em linha reta. Quanto maior for o valor, maior será a amplitude do sinal na área coberta pelo roteador.

A escolha de um bom roteador é vital, pois como dissemos anteriormente ele é que fará a distribuição do sinal para outros equipamentos da sua casa. Caso você tenha dúvidas sobre qual roteador é o ideal para o seu plano dê uma olhada no nosso post sobre esse assunto.

Existe modem com roteador?

Sim! Algumas empresas de telefonia e internet disponibilizam um aparelho que reúne modem e roteador integrados. Esse aparelho agrupa as funções de receber, decodificar e criar os endereços IP e fazer a distribuição o sinal de internet via antenas de Wi-Fi.

Com esse modelo, assim como no roteador simples, é possível ter acesso a uma Internet de qualidade em seu videogame, TV, notebook, tablet, smartphones, smartTvs e outros objetos conectáveis.

Esperamos que, após a leitura deste post, você tenha entendido a diferença entre modem e roteador. Se quiser ter sempre os melhores dispositivos à sua disposição e uma Internet banda larga de qualidade, escolha um bom provedor.

Ao escolher uma empresa com credibilidade, será possível contar com um parceiro com o conhecimento suficiente para oferecer os melhores equipamentos, a melhor tecnologia e um sinal estável.

Gostou do post? Quer ter os melhores equipamentos e a melhor internet à sua disposição? Entre em contato conosco e descubra como.

Posts relacionados

Deixe uma resposta