5 motivos para internet lenta e por que trocar o provedor

5 minutos para ler

Estamos conectados 24 horas por dia para as mais diversas atividades — checamos as nossas redes sociais, assistimos os nossos filmes e séries, fazemos nosso curso online ou acessamos o sistema de nossa empresa, tudo pela web. Nesse cenário, a estabilidade da rede é essencial para que não haja perda de tempo ou produtividade, sendo que uma internet lenta pode prejudicar nossa rotina, desde as tarefas mais simples às mais complexas.

Quando enfrentamos esse tipo de problema, sempre focamos em problemas relacionados à velocidade da internet e ao peso dos sites e apps que estamos visitando. Mas você já parou para pensar qual é o peso do provedor, que entrega um serviço de qualidade duvidosa, na baixa velocidade da sua internet?

Neste post vamos ver 5 problemas comuns que podem deixar a sua internet lenta e que têm a ver com um serviço de má qualidade prestado por um mau provedor. Confira!

1. Roteador incompatível com a velocidade do plano

A maioria dos provedores de internet oferecem o roteador para o cliente no ato da instalação, seja cobrando um valor de locação, seja cobrando o valor integral do aparelho na adesão ao plano.

É importante que esse roteador seja compatível com a velocidade do plano que você adquiriu, caso contrário, terá que encarar uma internet lenta e instável. Se a empresa contratada for séria, eles levarão isso em conta na hora de fazer a instalação, pensando na sua fidelização e no pós-venda também.

Empresas negligentes, querendo vender produtos, empurram para o cliente roteadores com uma capacidade aquém da necessária para que a internet atinja o seu pleno potencial. Mesmo que a empresa não disponibilize o rotador, se ela pretende vender, é preciso deixar claro para o usuário qual é a melhor escolha.

2. Roteador em local inadequado

Além de ter um roteador que aguente a velocidade do seu plano, é importante que ele seja instalado em um local que privilegie a transmissão do seu sinal de Wi-Fi. Se o técnico for apressado e pensar apenas na facilidade de seu trabalho, poderá instalar o equipamento no local de mais fácil acesso para ele e, com isso, você sofrerá com um sinal fraco e internet lenta.

O cliente é soberano na escolha do local onde ficará o roteador, mas o técnico, ao ver condições desfavoráveis para a propagação do sinal, como paredes grossas, janelas e portas de vidro, deve indicar uma melhor posição para melhorar a sua experiência.

3. Configuração errada

Para manter a estabilidade de sua internet é importante que o seu roteador esteja configurado de maneira correta. Isso deverá ser feito pelo técnico especializado, no ato da instalação, pois ele deverá escolher o canal de roteador que tiver o menor fluxo na rede da região em que a empresa está.

Mais uma vez, estamos diante de uma situação que dependerá muito do profissionalismo do técnico e da qualidade do provedor.

4. Infraestrutura antiga

A tecnologia e a vida útil dos equipamentos de seu provedor também podem interferir na velocidade de sua internet e deixá-la mais lenta. Cabos de cobre já têm tendência a sofrer interferências, mas quando estão velhos, desgastados e mal instalados, a situação tende a piorar. Muitas empresas que ainda vendem planos de internet via cabo de cobre estão perdendo mercado para as empresas que usam fibra óptica.

Em vez de se atualizarem, eles reduzem o investimento em manutenção, visando apenas o aumento de sua margem de lucro e deixam o consumidor com uma internet lenta, instável e cara em relação ao serviço prestado.

5. Interferências naturais

Não é incomum termos problemas com a estabilidade e velocidade de nossa internet, principalmente quando o provedor utiliza tecnologias que sofrem com oscilações de clima e, inclusive, passam constantemente por manutenções que inutilizam parte da rede durante longos períodos de tempo. Isso é comum em internet via Rádio e via cabo de cobre, seja ADSL, seja Coaxial.

A fibra óptica é a tecnologia mais estável do mercado, pois seu sinal é transmitido via luz em um fio de vidro, ou seja, está live das interferências eletromagnéticas dos cabos metálicos.

Se o seu problema é internet lenta, talvez esteja na hora de você trocar de provedor e buscar um que esteja alinhado à sua realidade atual, tanto em relação ao atendimento, oferecendo o melhor suporte e dicas na hora da instalação, quanto em relação à tecnologia utilizada para a transmissão do sinal, ou seja, que ofereça planos com fibra óptica.

E aí, quer saber se o seu provedor realmente está entregando a velocidade que você contratou? Então, está hora de você aprender a verificar a velocidade da sua rede. Aproveite!

Posts relacionados

Deixe uma resposta